fechar
Acessibilidade (0)
A A A

Escolha o idioma

pt
c98507ba3ff229c1d3787116fe6fcab1.jpg
drenagem_cml_1491637265a4f6eebcee7f.jpg

Projeto dos Túneis de Drenagem de Lisboa e Intervenções Associadas

Sessão de Esclarecimento Técnico

Sede Nacional da Ordem dos Engenheiros, Lisboa

5 de fevereiro de 2018

Adicionar ao meu Calendário

Esgotamos a lotação do evento!

Colocar em Lista de Espera

Local

Sede Nacional da Ordem dos Engenheiros, Lisboa

Informações

Ordem dos Engenheiros
Gabinete de Comunicação
Tel.: 213 132 623 / 213 132 605
Email: gap@oep.p

A Câmara Municipal de Lisboa e a Ordem dos Engenheiros promovem, no dia 5 de fevereiro de 2018, no Auditório da Sede Nacional da Ordem dos Engenheiros, pelas 18h00, uma sessão de esclarecimento técnico do projeto dos Túneis de Drenagem de Lisboa e Intervenções Associadas.

Encontra-se em Concurso Público Internacional a Empreitada n.º 3/EPPGDL/17 respeitante à Execução dos Túneis de Drenagem da Cidade de Lisboa e Intervenções Associadas. 

Sendo esta a obra fundamental para a concretização de uma série de intervenções no âmbito mais geral do Plano Geral de Drenagem de Lisboa (2016-2030), que tem por finalidade controlar os problemas das inundações que ocorrem regularmente na cidade de Lisboa, entendeu a Câmara Municipal que seria benéfico atualizar a informação prestada no dia 22 de setembro de 2015, em sessão igualmente organizada na sede da Ordem dos Engenheiros, quando o mesmo se encontrava em fase de consulta pública.

O projeto inclui a construção de dois túneis de drenagem e outras intervenções associadas, nomeadamente três poços em vórtice de ligação da rede de coletores superficiais aos túneis, uma bacia antipoluição na zona de ligação ao Caneiro de Alcântara localizada no início do Túnel Monsanto-Santa Apolónia, e diversas ligações e beneficiações a sistemas de saneamento existentes. Inclui ainda a requalificação exterior em Santa Apolónia aquando da execução das obras de saída dos túneis para descarga no Rio Tejo.

A implementação desta solução reveste-se de um enorme investimento de valor para a cidade e servirá para a sua adaptação a um dos efeitos provenientes das alterações climáticas, resolvendo entre 70% e 80% dos riscos de inundações na cidade de Lisboa. O investimento previsto é da ordem de 106 M€ prevendo-se um prazo de execução máximo da ordem dos 40 meses.

Participação gratuita, mas sujeita a inscrição.



ORGANIZAÇÃO CONJUNTA:



Parceiros Institucionais