fechar
Acessibilidade (0)
A A A

Escolha o idioma

pt
c98507ba3ff229c1d3787116fe6fcab1.jpg
estg_4633343045a70601e26438.jpg

Triângulo Virtuoso do Engenheiro - O Sucesso para Além das Competências Técnicas

Seminário

Sala Sande Lemos, Sede da Ordem dos Engenheiros, Lisboa

23 de fevereiro de 2018

Adicionar ao meu Calendário

Local

Sala Sande Lemos, Sede da Ordem dos Engenheiros, Lisboa

Informações

Ordem dos Engenheiros
Gabinete de Assuntos Profissionais
Tel.: 213 132 662|3 |4
E-mail: gap@oep.pt
A Especialização em Engenharia Alimentar da Ordem dos Engenheiros, com o apoio do Conselho Diretivo da Região Sul, irá  organizar, no dia 23 de fevereiro de 2018, sexta-feira, na Sede Nacional da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa, um Seminário dedicado ao tema "Triângulo Virtuoso do Engenheiro – O Sucesso para Além das Competências Técnicas ”.

Compreender que, para além das competências técnicas adquiridas nos anos de formação em engenharia, é fundamental uma atitude positiva, colaborativa e construtiva e que este é o principal fator para se destacar e ter sucesso numa organização. Não basta ter potencial, é preciso saber o que fazer com ele.

O Triângulo Virtuoso é a representação esquemática das principais interações interpessoais que temos de saber gerir para podermos, conjuntamente com uma mentalidade evolutiva, estar mais perto do sucesso (o que quer que isso seja para cada um de nós).

Este conceito não nasce como um triângulo, mas com a simples identificação de que todos os dias temos dois tipos de interações: Pessoais e Profissionais. O triângulo surge da divisão das interações profissionais em Gestão e Equipas e da reclassificação das interações pessoais em Sociedade:

1. Interações com a Gestão (pessoas responsáveis pelo nosso trabalho/formação)
2. Interações com as Equipas (colegas ou pessoas que temos a responsabilidade de liderar/formar)
3. Interações com a Sociedade (todas as interações não profissionais)

As interações com estes três grupos devem ser coerentes com o conjunto de valores pessoais e alinhada com aquilo que ambicionamos para a vida – o nosso Why, Ikigai ou Raison d’être.


Público Alvo | Engenheiros e jovens Engenheiros, estudantes de engenharia e estagiários.

Objetivo | Promover a mudança para uma mentalidade evolutiva onde profissionais reconheçam a importância decisiva da componente não técnica no seu sucesso.

Formador | Eng. Nuno Soares

Nota biográfica
1999 – Estágio Profissional na área da qualidade (segurança alimentar e produção em indústrias alimentares) na empresa Panike, S.A.;
2003 até à atualidade – Formador na área alimentar, em particular na vertente da Segurança Alimentar, na área das Tecnologias da Informação e da Higiene e Segurança no Trabalho.

Parceiros Institucionais