fechar
Acessibilidade (0)
A A A

Escolha o idioma

pt
e2314643bb72a8d6efb0d9d894abbfe0.jpg

Ordem dos Engenheiros atenta a Almaraz



Av. António Augusto de Aguiar,
n.º 3D, 1069-030 Lisboa secretariageral@oep.pt

Comunicado

Ordem dos Engenheiros atenta a Almaraz

3/2017
13 de fevereiro de 2017

Ordem dos Engenheiros atenta a Almaraz

Lisboa, 13 de fevereiro de 2017

Uma delegação da Ordem dos Engenheiros visita amanhã, dia 14 de fevereiro, a Central Nuclear de Almaraz, em Espanha.
Com esta visita, a Ordem dos Engenheiros pretende inteirar-se dos desenvolvimentos da anunciada intenção de construção de um depósito de resíduos nucleares junto desta central, bem como das perspetivas de prolongamento do seu ciclo de produção.

A Ordem dos Engenheiros está ciente das posições tomadas pelo governo português quanto à obrigatoriedade de serem respeitadas as regras europeias e o direito internacional relativo aos impactos transfronteiriços a que as intenções de desenvolvimento de infraestruturas desta natureza, e de outras, estão obrigadas.

Enquanto país de jusante, cujo território continental é ocupado numa parte significativa pela bacia hidrográfica do Rio Tejo, e cuja dimensão internacional partilha com Espanha, Portugal deve, à luz do direito internacional e do respeito no âmbito das relações externas, fazer valer o cumprimento das regras e boas práticas de vizinhança aplicáveis.

Tratando-se de um assunto transversal a muitas áreas da engenharia, e que assume um interesse nacional e transfronteiriço, a Ordem dos Engenheiros decidiu solicitar a visita de uma delegação, chefiada pelo Bastonário, o que mereceu a imediata aceitação por parte da entidade gestora da Central.

Os contactos entre a entidade gestora da Central de Almaraz e a Ordem dos Engenheiros de Portugal foram facilitados pelo Conselho Geral de Colégios Oficiais dos Engenheiros Industriais de Espanha, com quem existe um acordo bilateral de cooperação, sendo que a delegação da Ordem também vai ser recebida pelo Decano do Colégio Oficial de Engenheiros Industriais da Extremadura, D. Fernando Guijarro.

Ao abrigo da excelência de relações que mantém com as suas congéneres espanholas, a Ordem dos Engenheiros procurará transmitir as preocupações do país e dos profissionais de engenharia, bem como a expectativa de que sejam cumpridas as regras e realizados os estudos ambientais previstos na legislação internacional e comunitária.

Neste enquadramento, a OE disponibiliza-se para apoiar as entidades competentes na defesa dos interesses nacionais e na proteção dos concidadãos.


Parceiros Institucionais