fechar
Acessibilidade (0)
A A A

Escolha o idioma

pt
atualidade_2488341014fa3f4a8ab7a2.jpg

21 de março - Dia Internacional da Floresta e Dia Mundial da Árvore

21 de Março de 2018 | Geral


Comemora-se hoje, em todo o Mundo, o Dia da Floresta e o Dia da Árvore.

Em 1971, e, na sequência de uma proposta da Confederação Europeia de Agricultores, que mereceu o melhor acolhimento da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), foi estabelecido o Dia Florestal Mundial com o objetivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra.

Em 21 de Março de 1972 – início da Primavera no Hemisfério Norte – foi comemorado o primeiro Dia Mundial da Floresta em vários países, entre os quais Portugal.

A comemoração oficial do Dia da Árvore teve lugar pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1782. John Stirling Morton conseguiu impelir toda a população a consagrar um dia do ano à plantação ordenada de diversas árvores para resolver o problema de escassez de material lenhoso.

 A Festa da Árvore rapidamente se expandiu a quase todos os países do mundo, e, em Portugal, comemorou-se pela primeira vez a 9 de Março de 1913.

O envolvimento de todos, alunos, professores, agentes e comunidades locais, é fundamental para cultivar e fomentar uma atitude cívica de respeito pela floresta e pela árvore em todas as suas dimensões. Apenas assim poderá o cidadão continuar a usufruir dos bens, serviços e conforto que os espaços florestais proporcionam.

As florestas são áreas extremamente importantes para o meio ambiente e para a economia de uma região. Delas retiramos matéria-prima para a construção de móveis e imóveis, alimento e até mesmo compostos importantes para a fabricação de medicamentos. Além disso, essas áreas previnem deslizamentos de terra, servem de lar para uma variedade de espécies, relacionam-se com o regime de chuvas, conservam recursos hídricos e o solo e armazenam carbono.

A Ordem dos Engenheiros associa-se a esta data e, assim, à floresta portuguesa, enquanto património natural e económico que importa preservar e cuidar.

Parceiros Institucionais