fechar
Acessibilidade (0)
A A A

Escolha o idioma

pt
d5be7ba33e7e6727c38d5f64aabf5905.jpg
f94424294702c78017e30b0c79e2043b.jpg
Região Centro
Região Sul
Madeira
Açores

A Ordem

Ambiente

O Papel da Engenharia do Ambiente

Enquadramento

As questões ambientais exigem a intervenção de técnicos capazes de fazer a integração/interligação de matérias multidisciplinares e transversais, associando as dimensões ecológica, social, económica e tecnológica. Neste sentido, a Engenharia do Ambiente tem assumido um papel reconhecidamente relevante em vários domínios da sociedade portuguesa em geral e no mercado de ambiente.

O Engenheiro do Ambiente é o profissional de engenharia capaz de aplicar os conhecimentos adquiridos à resolução de problemas ambientais, nomeadamente quanto à formulação do problema, identificação das causas, das consequências e dos processos envolvidos, estando apto a ponderar os aspetos científicos, sociais e éticos envolvidos em cada projeto de engenharia e capacitado para selecionar ferramentas apropriadas para avaliação do problema e para a respetiva resolução.

Dispõe, para tal, de uma formação académica pluridisciplinar necessária para efetuar uma integração de conhecimentos, elemento essencial para operacionalizar as melhores soluções na área ambiental. Estas competências permitem-lhe atuar isoladamente ou integrar equipas multidisciplinares na área do ambiente, em relação ao qual terá total capacidade de gestão e planeamento.

A profissão de Engenheiro do Ambiente está abrangida pela Diretiva Comunitária de Reconhecimento das Qualificações Profissionais e está incluída na lista de Classificação Portuguesa das Profissões de 2010 (CPP/2010).


Competências/Qualificação Profissional do Engenheiro do Ambiente

Considerações Gerais

O Colégio de Engenharia do Ambiente da Ordem dos Engenheiros integra os profissionais de engenharia com competências específicas para planear, projetar, construir, operar e gerir processos e implementar sistemas tecnológicos, articulando as dimensões ambiental, social, económica, institucional e cultural.

Os membros do Colégio de Engenharia do Ambiente demonstram o domínio de conceitos e a capacidade para a aplicação de ferramentas e técnicas, matemáticas e outras, que lhes permitem desenvolver a sua atividade a vários níveis dos mais diversos campos de intervenção, como são exemplo, entre outros, a avaliação e gestão ambiental, a avaliação de risco ambiental, a avaliação de impacte ambiental de projetos, a avaliação ambiental estratégica ou avaliação ambiental de planos e programas, as estratégias, planos e programas de ambiente e sustentabilidade, o controlo e tratamento da poluição, a gestão integrada dos recursos hídricos, a modelação, monitorização e reabilitação ambiental, a gestão integrada de resíduos, os estudos de acústica e vibrações, a gestão integrada do ciclo da água, as energias renováveis e a eficiência energética, a qualidade do ar ambiente e interior, o controlo de odores, a gestão e planeamento costeiro, o ordenamento do território, ou o binómio saúde e ambiente.

O Engenheiro do Ambiente possui formação académica apropriada nos domínios base de matemática, física, química, e biologia, fortemente apoiada por conhecimentos sólidos de microbiologia, ecologia, climatologia, hidráulica / hidrologia, geologia e solos, e tem conhecimentos em áreas complementares como a sociologia, o direito e a economia, o que lhe permite dispor de elementos multidisciplinares necessários para efetuar uma integração fundamental de conhecimentos direcionada para a resolução de problemas complexos. Esta particularidade confere aos Engenheiros do Ambiente a capacidade essencial para operacionalizar as melhores soluções na área ambiental, minimizando impactes e riscos ambientais, valorizando a utilização de recursos e a reabilitação ambiental.

Durante o exercício da atividade profissional são adquiridas e/ou reforçadas novas competências através da formação em contexto de trabalho, muitas vezes complementada com formação específica.

Domínios de Intervenção

A Engenharia do Ambiente é uma especialidade da engenharia com grande aplicação transversal, devendo o Engenheiro do Ambiente estar presente e participar ativamente em todos os projetos e intervenções desenvolvidos na sociedade enquanto parte de um ecossistema, promovendo a interação profissional com as demais especialidades envolvidas.

Apesar da abrangência do campo de atuação do Engenheiro do Ambiente, da diversificação de formação académica e posteriores formações específicas, é possível sistematizar os seguintes grandes domínios de intervenção:

1 - Avaliação ambiental
2 - Gestão ambiental
3 - Abastecimento e tratamento de águas
4 - Drenagem e tratamento de águas residuais
5 - Gestão de resíduos
6 - Gestão de ecossistemas
7 - Gestão de recursos hídricos
8 - Alterações climáticas e qualidade do ar
9 - Acústica e vibrações
10 - Planeamento e ordenamento do território
11 - Energia e eficiência energética
12 - Saúde ambiental e segurança e saúde no trabalho
13 - Gestão e qualidade dos solos e subsolos

Constituem também opções profissionais na área da Engenharia do Ambiente, à semelhança de outras áreas de engenharia, o Ensino e a Investigação.



Notícias e Eventos


  • Mais de 60 oportunidades de emprego para a Bélgica, 22 de setembro de 2016  »»»
  • Prémio Calouste Gulbenkian 2016, 21 de junho de 2016 »»»
  • Oportunidades de Financiamento nos Programas Horizonte 2020 e LIFE, 12 de julho de 2016 »»»
  • Workshop sobre Mineração de Aterros, 28 de junho de 2016 »»»
  • Seminário "Inovação e Gestão Colaborativa para a Sustentabilidade das Zonas Costeiras", 9 de junho de 2015 »»»
  • Conferência "Água para o Desenvolvimento – Pontes e Parcerias nos Países de Língua Portuguesa”, 7 e 8 de maio de 2015 »»»
  • Ação de Sensibilização sobre Amianto, 17 de abril de 2015 »»»
  • Novos fundos comunitários 2014-2020 para o Ambiente e Energia, 4 de fevereiro de 2014 »»
  • 9.ª EXPO Conferência Nacional da Água, 18 e 19 de novembro »»
  • Localização do Novo Terminal de Contentores no Barreiro, 4 de novembro de 2014 »»
  • Infoday Nacional no Desafio Societal Energia, 24 de outubro »»»
  • Cerimónia de Entrega do Prémio APRH, 23 de junho de 2014 »»
  • Acidentes de Poluição Marítima – Políticas e Meios de Intervenção, 4 de junho de 2014 »»
  • 2.ª Edição da Conferência Internacional WASTES, 11 a 13 de setembro de 2013 »»»
  • 8.as Jornadas Técnicas de Resíduos, 16 a 18 de julho de 2013 »»»
  • 8.ª Conferência Internacional da EWRA, 28 e 29 de junho de 2013 »»»
  • 5 de junho - Dia Mundial do Ambiente, 05 de junho de 2013 »»»
  • APA comemora Dia Mundial do Ambiente, 04 de junho de 2013 »»»


  Eventos anteriores


Dossiers

  • Conferência: A Engenharia do Ambiente - Que Futuro?, 21 de março de 2012 »»»


Links de Interesse


Organismos Oficiais

Agência Portuguesa do Ambiente
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte
Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos
Instituto da Água
Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade
Inspeção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território
Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território


Organismos Comunitários Oficiais

Agência Europeia do Ambiente
Direção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia


Instituições de Ensino Superior - Portugal

Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto
Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa
Universidade de Aveiro
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro


Associações

Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente
Associação Portuguesa de Educação Ambiental
Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais
Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente
Associação Portuguesa de Engenharia Natural
Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental
Associação Portuguesa de Espaços Verdes
Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas
Associação Portuguesa de Recursos Hídricos


Outros sítios de interesse

Earth Times
Naturlink
One Earth Magazine
Portal Ambiente Online
Revista Indústria e Ambiente

Parceiros Institucionais